Plano de Retomada: Bruno Pratts

Plano de Retomada: Bruno Pratts

Como sabemos, o momento de retomada exige de todos nós cuidados preventivos, e para isso devemos observar nossa força de trabalho em sua totalidade. 

O profissional de SMS deve manter as divulgações de informações atualizadas, e repassá-las de forma simples e objetiva através de ferramentas clássicas como: DDS, monitoramento, treinamentos e incentivo a multiplicação de informações, tudo com muita transparência. Utilizar a tecnologia ajuda bastante. 

Plano de Retomada: Bruno Pratts
Fonte: Bruno Pratts

Precisamos estimular a participação e divulgação de informações através de ferramentas digitais, estas que vão desde as redes sociais das empresas, aplicativos disponibilizados pelas mesmas, sites de streaming e lives, que são excelentes métodos visando a atualização informativa. 

Colocar-se à disposição e reforçar orientações, também são interações voltadas à divulgação.

O objetivo é apoiar as estratégias locais, para continuação de retomada, respeitando as especificidades e características de cada setor ou ramo de atividade.

A conscientização deve ser contínua, com medidas de prevenção visando mitigar a contaminação, passando confiança através do otimismo e de fatos científicos atuais, aguçando o senso de responsabilidade social de todos.

Plano de Retomada: Bruno Pratts
Plano de Retomada: Bruno Pratts
Saiba Mais!
Plano de retomada - Patrícia Freire

Plano de Retomada: Patrícia Freire

Máscara de proteção, higienização das mãos e ambiente, DSMS diários, palestras e treinamentos, legislação aplicável, vivenciamos um cenário onde, o papel e a importância do profissional de Segurança do Trabalho, está sendo desafiado e valorizado a cada segundo no “novo normal” dentro e fora das empresas.

Com o teletrabalho, as normas de segurança do trabalho estão além dos muros das empresas e passando a ser implementadas nas residências dos colaboradores. 

Plano de retomada - Patrícia Freire
Fonte: Freepik.

Através de estudos, analises, pesquisas cientificas, implementação e acompanhamento de indicadores, o profissional de segurança do trabalho disponibiliza dados e resultados para elaboração de protocolos de contingencia em SMS em ação ao combate a COVID -19. No atual cenário é perceptível o profissional de segurança do trabalho acabe sendo acionado para além das atividades tradicionais até como apresentador de “live”,  contribuindo e participando em todos os setores e áreas da empresa e fora dela.  

E com o “novo normal” temos os novos desafios em gerenciamento de SMS, que sem a contribuição e participação ativa dos colaboradores se torna uma tarefa árdua, mas não impossível. Através da conscientização, educação,  liderança e habilidades, os profissionais de segurança conseguem dar continuidade a aplicação das normas vigentes e as novas que foram elaboradas. 

Gestão de pessoas, informação, educação em SMS e relação interpessoal,  são os principais pilares que sempre foram utilizados no gerenciamento e conscientização em SMS, e continuarão sendo utilizados não só no momento da retomada, mas no alcance da melhoria contínua, bem estar físico e psicológico dos colaboradores, resultados positivos nos indicadores, satisfação dos clientes internos e externos e na qualidade de excelência em SMS. 

O setor de SMS, não é apenas um setor a parte, é um setor que faz parte de todos os setores.

Toda empresa e todos os colaboradores são responsáveis pela prevenção de acidentes, promoção à saúde e preservação ao meio ambiente, mas o profissional da área de segurança do trabalho é o responsável pela Gestão de SMS.

Plano de retomada - Patrícia Freire
Plano de retomada – Patrícia Freire
Saiba Mais!

Plano de Retomada: Caroline Varela

Conscientização sempre será a chave para fazer Segurança do Trabalho, colaboradores conscientizados são os menos propícios às causas de acidentes de trabalho.

Essa é a história das estatísticas da Segurança ao longo desses anos, quando você tem consciência dos riscos você presta mais atenção ao seu redor e dos demais também.

Fonte: Freepik.

A Conscientização precisa estar aliada com o Exemplo da liderança, os Profissionais de Segurança e os Líderes precisam servir de Exemplo para que a conscientização seja eficaz.

Nesse momento mais do que em qualquer outro, nós Profissionais da Segurança e Líderes precisamos continuar praticando o que pregamos em nossos DDS, nossas Palestras, nossos E-mails de Comunicação, nossos Webinares, entre outras ferramentas de comunicação.

Foi e está sendo um trabalho árduo para todos nós ao longo desses 5 meses e que para termos sucesso no Plano de Retomada precisamos manter nosso diálogo com todos, é um trabalho repetitivo e minucioso de que o vírus continua ao nosso redor e para a retomada segura precisamos contar com a colaboração de todos, pois afeta uma cadeia de vidas.

A Segurança precisa manter o foco de que tudo e todos pode estar contaminado, de que o vírus pode estar presente para que o relaxamento social não seja visto como “já está tudo bem”, com isso estaremos voltados e focados na continuidade dos nossos processos e protocolos desenvolvidos e aprimorados a cada evolução do Plano de Retomada.

A rigidez das nossas atitudes vinculadas com informações seguras deverá ser continua para que alcancemos todos os colaboradores, para continuarmos preservando todas as vidas.

Plano de Retomada: Caroline Varela
Plano de Retomada: Caroline Varela
Saiba Mais!

Plano de retomada: Caroline Varela de Paula

Manter o foco na prevenção com um plano de retomada consciente durante uma pandemia, digamos que é um dos maiores desafios para a Segurança do Trabalho nesse meio século desde a criação das Normas Regulamentadoras.

Plano de retomada
Plano de retomada

Estamos diante de um marco na história mundial e na vida de tantas pessoas, a esperança persevera e expectativas precisam ser criadas para retomarmos nossas vidas, tanto pessoal quanto profissional e como o pilar do planejamento da retomada das atividades está a Segurança do Trabalho.

Durante esses 100 dias essa área chave da empresa tem trabalhado arduamente e se tornando cada dia mais humanizada. Os colaboradores perderam a cordialidade do Prezado e Prezada e ganharam um “João, como está você e sua família?”.

Acredito que esse desafio já vem sendo vencido elevando a Segurança do Trabalho a ser mais respeitada por todos e com uma visibilidade maior em todos os ramos de atividades. Com a retomada o trabalho será triplicado, mais rigoroso e vistoriado, pois o novo coronavírus deve ser considerado como presente em todos os ambientes de trabalho, porém nossas regras serão mais compreendidas, cumprindo a missão de sempre que é garantir saúde e segurança do trabalho de todos os profissionais.

 

Plano de retomada: Caroline Varela
Caroline Varela
Saiba Mais!
O que é um laudo de periculosidade e qual é a sua importância

O que é um laudo de periculosidade e qual é a sua importância

Há muitos documentos relacionados à saúde e à segurança que são fundamentais para a criação de um ambiente de trabalho confortável e seguro. Um deles é o laudo de periculosidade. Mas você sabe do que se trata esse documento? Qual é a sua importância? Neste texto, vamos responder a essas e a outras perguntas sobre o assunto. Continue com a leitura para aprender mais!

O que é um laudo de periculosidade e qual é a sua importância
Fonte: Freepik.

Entendendo o que é um laudo de periculosidade

Para entender o que é um laudo de periculosidade, é preciso definir a palavra “periculosidade”. De acordo com o dicionário, trata-se da “característica ou condição do que é periculoso; particularidade de perigoso”.

Desse modo, podemos observar que a periculosidade tem a ver com o perigo. Assim, no contexto de segurança do trabalho, quando falamos de periculosidade, estamos falando do nível de risco que um local de trabalho oferece aos funcionários que nele atuam. Atividades com um alto nível de periculosidade, portanto, apresentam também um alto nível de risco.

E quais são esses riscos? Bem, a Consolidação de Leis Trabalhistas, também conhecida como CLT, prevê os seguintes:

  • Energia elétrica;
  • Inflamáveis;
  • Explosivos;
  • Roubos e outras formas de violência física, no caso de atividades de segurança pessoal ou patrimonial;
  • Trabalho em motocicleta.

Sendo assim, ficam claras as situações nas quais existem fatores de risco que precisam ser levados em conta e examinados. E, para fazer isso, é necessário um documento que determine quais são esses riscos. Esse documento é o laudo de periculosidade, e sua formulação é essencial para a criação de um ambiente de trabalho sem perigos para os trabalhadores.

Saiba como fazer um laudo de periculosidade

Diante disso, fica claro que a importância do laudo de periculosidade não pode ser subestimada. Mas como elaborar esse tipo de documento? A seguir, vamos citar algumas medidas que são cruciais para a construção de um laudo de periculosidade.

Identifique as áreas de risco

Conhecer os fatores de risco de um ambiente não basta. Também é preciso que você saiba quais são as áreas específicas que oferecem aquele risco, para delimitá-las de maneira clara para os seus funcionários. Fotografias são muito úteis na hora de obter essas informações.

Examine as possibilidades de reduzir ou eliminar os riscos encontrados

Um laudo de periculosidade não serve apenas para listar riscos. Ele também serve para encontrar maneiras de diminuir ou eliminar esses riscos, trazendo maior segurança para os funcionários que atuarem na área. Para fazer isso, o ideal é optar por equipamentos de proteção (que podem ser de proteção coletiva ou individual, os EPCs ou os EPIs) e outras medidas de segurança do trabalho.

Não se esqueça de incluir a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART)

A Anotação de Responsabilidade Técnica, também conhecida como ART, é uma parte do documento que deve ser incluída depois que ele for redigido e revisado. Ela é assinada por um engenheiro de segurança do trabalho que, ao fazê-lo, assume a responsabilidade pelas informações que estão expostas naquele documento.

Lembre-se que, em conjunto com o laudo, devem ser anexados todos os documentos que ajudaram na sua elaboração, tais como fotos e arquivos. Finalmente, é importante saber que o documento final não deve ser absoluto. Ao invés disso, ele deve ser revisado e atualizado sempre que qualquer coisa afetar as condições em que ele foi originalmente redigido.

Contrate uma empresa especializada em segurança do trabalho

Agora que você já sabe o que é um laudo de periculosidade e qual é a sua importância, é hora de tomar medidas práticas para melhorar a segurança do trabalho da sua empresa. E, para fazer isso, é uma boa ideia contar com a ajuda de uma companhia especialista no assunto, como a Infotec Brasil.

Saiba Mais!
  • 1
  • 2