Quem escolhe a carreira marítima faz uma opção difícil. É preciso se afastar da família por longos períodos, abrir mão de um convívio social mais frequente, e enfrentar jornadas de trabalho mais pesadas que a maioria das profissões. Apesar de todas as dificuldades, se você tiver o perfil adequado e persistir na carreira, é possível atingir a tão sonhada realização profissional.

Procura se desenvolver na carreira marítima?
Procura se desenvolver na carreira marítima?

Carreira Marítima

Após 38 anos dedicados à Marinha Mercante, ainda não posso dizer que já consegui tudo que planejei na carreira. Já tive muitas experiências, tanto a bordo como em terra, mas as operações marítimas são tão diversas que ainda há muitas atividades que gostaria de desenvolver. Tripular uma plataforma de petróleo, por exemplo, é algo que só iniciei há cerca de 8 anos.

Optei por iniciar este novo ciclo no setor de petróleo ao perceber que havia uma demanda por Oficiais experientes para operar as novas embarcações do tipo FPSO, que são navios especiais que produzem, armazenam e descarregam o óleo para navios aliviadores. Sem o conhecimento e a experiência dos marítimos, este modelo de plataforma seria simplesmente inviável.

Embora as embarcações FPSO sejam como terminais oceânicos que não requerem navegação, os Oficiais de Náutica, apoiados por Mestres de Cabotagem e Marinheiros, são responsáveis pelo plano de carga e descarga do óleo, controle dinâmico da estabilidade, disposição de resíduos oleosos, tráfego e manobra com navios, segurança, salvamento, salvatagem e marinharia.

Mas a indústria de óleo e gás oferece ainda muitas oportunidades em outros tipos de embarcação, desde os petroleiros que recebem o óleo das FPSOs até os barcos especializados que apoiam as plataformas com operações de reboque, manuseio de âncora, mergulho, suprimentos etc.

É um mercado enorme com amplas possibilidades de negócio e trabalho.