Como se aplicam os princípios de segurança, meio ambiente e saúde no segmento de óleo e gás? Esse sistema de gestão, também conhecido como SMS, é especialmente indicado para empresas que atuam nessa área. Nesse texto, vamos examinar o porquê.

Entendendo o SMS

SMS é uma sigla utilizada na área de segurança do trabalho e que significa “segurança, meio ambiente e saúde”. É um sistema de gestão de segurança na área prevencionista, ou seja, que foca na prevenção de desvios e problemas através de um monitoramento cuidadoso dos processos de uma empresa.

Como o próprio nome já diz, o SMS monitora três itens principais. Eles são:

  • Segurança: Voltada para a segurança do trabalhador, assegurando sua proteção e a integridade dos equipamentos utilizados e processos realizados.
  • Meio ambiente: Voltada para evitar a poluição da natureza e efeitos prejudiciais na água, ar ou solo.
  • Saúde: Voltada para garantir o bem-estar físico e mental de todos os envolvidos nos procedimentos em questão.

O SMS atua como um sistema integrado de gestão, ou seja, um SIG. Um SIG atua tendo como objetivo a integração de toda a gestão da empresa. A ideia, então, é poder facilitar todos os processos, através da obtenção de informações em tempo real. Isso agilizaria assim qualquer tomada de decisão, otimizando o funcionamento dos procedimentos como um todo.

Os princípios de segurança, meio ambiente e saúde no segmento de óleo e gás

Segurança, meio ambiente e saúde no segmento de óleo e gás

Agora que você já entende melhor no que consiste o SMS, podemos nos perguntar como ele é relevante para uma área específica. Por exemplo, qual é a relevância da segurança, meio ambiente e saúde no segmento de óleo e gás?

Para responder essa pergunta, devemos nos voltar para a história do SMS como sistema de gestão. Os sistemas integrados de gestão deram seus primeiros passos na área do petróleo durante a década de 70, tendo como marco a Conferência de Estocolmo, em 1972. A Conferência tinha como objetivo zelar pela proteção ambiental, focando na análise da qualidade do ar e quantidade de carbono.

Isso marcou a criação de novas expectativas no segmento de óleo e gás. Havia, então, a pressão para controlar os impactos ambientais das suas atividades produtoras.

SMS - Segurança, meio ambiente e saúde no segmento de óleo e gás

É na década de 80 que surgem primeiras tentativas de padronizações internacionais. Graças às ISOs e à evolução dos estudos científicos e das tecnologias disponíveis, podemos atingir um alinhamento de normas para o funcionamento do SMS.

Essas normas buscam estabelecer requisitos que auxiliam em uma melhoria contínua dos processos internos. Entre elas, estão incluídos o monitoramento dos ambientes, uma melhor qualificação dos colaboradores e o feedback de clientes, fornecedores e colaboradores. Isso se estende para todas as áreas de uma empresa. Assim, o segmento de óleo e gás pôde se adequar às novas tendências do mercado.

Podemos, então, constatar que existem muitos benefícios na adoção de uma política de integração de SMS. Afinal, há muita importância dada a elementos como segurança, meio ambiente e saúde no segmento de óleo e gás.

O Q de QSMS - Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde

Por conta disso, adotar um sistema SMS para a sua empresa pode garantir mais organização, produtividade e qualidade para os seus processos. Isso resulta em um aumento da qualidade de serviços, aumentando a competitividade ao tornar a empresa mais qualificada para se destacar no mercado.

É preciso lembrar, no entanto, que esse destaque só é possível se o sistema for administrado de forma adequada. Para isso, uma boa ideia é buscar uma empresa que conheça bem esse segmento do mercado, como a Infotec Brasil. As soluções oferecidas de SMS para indústria de Óleo e Gás garantem uma melhoria na organização e produtividade nos procedimentos do seu negócio. Se desejar saber mais sobre o como a empresa trabalha, basta entrar em contato com um especialista.