Abandono de Poços de Petróleo Onshore


Abandono de Poços de Petróleo Onshore

O abandono de poços de petróleo (P&A) é a última etapa do ciclo de vida de um poço e pode ocorrer por razões operacionais, econômicas ou estratégicas. A operação de abandono é prevista para todos os poços de óleo e gás, sejam eles exploratórios, produtores, injetores e mesmo que o resultado da perfuração seja um poço seco, ou seja sem óleo e gás.

O abandono permanente de poços objetiva impedir o fluxo não intencional de petróleo do reservatório para o leito marinho, meio ambiente ou poço, permitindo colocá-lo em condição segura. Para uma eficiente operação é necessário que haja estudo prévio da geologia, reservatório de petróleo, da construção do poço e localização. Após esta análise é elaborado um projeto de acordo com as melhores práticas da indústria, com a Resolução ANP nº46 de 2016 e regulamento técnico SGIP (Sistema de Gerenciamento da Integridade de Poços).

O projeto prevê o isolamento de formações com potencial de fluxo, hidrocarbonetos ou aquíferos por meio da construção de pelo menos dois Conjuntos Solidários de Barreiras (CSB) independentes. Os CSB permanentes têm como objetivo impedir o fluxo de fluidos da formação, considerando os caminhos pelas rochas, revestimentos, anulares e interior do poço.

A realização de uma operação de abandono de poços segura e efetiva é o foco da Infotec Brasil. Oferecemos os serviços, em conformidade legal com regulamentos da ANP de:

– Projeto de Abandono Permanente onshore e offshore

– Projeto e Execução do Abandono Permanente onshore

– Monitoramento de Poços Abandonados Temporariamente onshore

 

Consulte-nos para maiores informações sobre nossos serviços.
Fale direto com a nossa especialista em projetos de  E&P:

Rafaela Furtado

rafaela.furtado@infotecbrasil.com.br

(21) 2240-1300 (ramal 257)

 

Deseja receber mais informações sobre abandono de poços de petróleo onshore? Cadastre seus dados e receba a apresentação.